O papel das controladorias na transparência das informações: seu contexto e atuação dentro do poder público

Autores

  • Carlos Rubens Moreira da Silva Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado do Ceará (CGE)
  • Luis Borges Gouveia Universidade Fernando Pessoa

DOI:

https://doi.org/10.32586/rcda.v18i1.561

Palavras-chave:

Controladoria. Controle. Transparência. Informação. Poder Público.

Resumo

A gestão moderna, baseada na eficiência, tem importância fundamental para as empresas se adaptarem à nova realidade econômica, em que os usuários de seus produtos e serviços estão cada vez mais exigentes, de forma que a melhor maneira de alcançar seus objetivos é através do controle de seus processos. As controladorias, sejam da esfera pública ou privada, tem a função de subsidiar esse processo, suprindo e apoiando os gestores em todas as fases com informações confiáveis. Neste trabalho, abordaremos os conceitos de controladoria e controle e as diferenças entre eles, com ênfase na administração pública, bem como as várias formas de controle, como o controle externo, interno e o controle social. Finalmente, discute-se como a transparência se encaixa dentro da controladoria, seu papel perante a sociedade e como o sistema de informações, de grande importância nesse processo, apoia a gestão pública no exercício de tomada de decisão. Esta pesquisa compreende revisão bibliográfica e análise dos sítios dedicados à transparência e dos responsáveis pela sua manutenção. Conclui-se que a Controladoria é o órgão que naturalmente deve manter os sítios de transparência.

Biografia do Autor

Carlos Rubens Moreira da Silva, Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado do Ceará (CGE)

Doutorando em Ciências da Informação pela Universidade Fernando Pessoa (UFP), Porto, Portugal. Mestre em Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará (Uece), bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC), auditor de controle interno da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado do Ceará (CGE).

Luis Borges Gouveia, Universidade Fernando Pessoa

Agregado em Engenharia e Gestão Industrial pela Universidade de Aveiro, Portugal. Doutor em Ciências da Computação pela Universidade de Lancaster, no Reino Unido, e mestre em Engenharia Electrónica e de Computadores, pela Universidade do Porto (Feup). Professor catedrático da Universidade Fernando Pessoa.

Referências

ALBUQUERQUE, J. H. M.; ANDRADE, C. S.; MONTEIRO, G. B.; RIBEIRO, J. C. Um estudo sob a óptica da teoria do agenciamento sobre a accountability e a relação Estado-sociedade. In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE, 4., 2007, São Paulo. Anais […]. São Paulo: USP, 2007. p. 1-13.

BORINELLI, M. L. Estrutura conceitual básica de controladoria: sistematização à luz da teoria e da práxis. 2006. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Departamento de Contabilidade e Atuária, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

BOTELHO, M. M. Manual de controle interno: um enfoque na administração pública municipal. Curitiba: Juruá, 2006.

BRANDÃO, S. P. Impacto do controlo interno no controlo externo: pesquisa exploratória. 2012. Dissertação (Mestrado em Contabilidade) – Instituto Superior de Contabilidade e Administração, Universidade de Aveiro, Aveiro, 2012.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1998.

BRASIL. Controladoria Geral da União. Controle social: orientações aos cidadãos para participação na gestão pública e exercício do controle social. Brasília, DF: CGU, 2012. Disponível em: https://bit.ly/2NUilOX. Acesso em: 15 mar. 2018.

CAGGIANO, P. C.; FIGUEIREDO, S. Controladoria: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

CARVALHO, M. F. Uma contribuição ao estudo da controladoria em instituições financeiras organizadas sob a forma de banco múltiplo. 1995. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Departamento de Contabilidade e Atuária, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.

CASTELO NETO, J. M. Controladoria Como instrumento de Otimização dos recursos públicos municipais. 2009. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração e Controladoria) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.

CORREIA, M. V. C. Controle social. Rio de Janeiro, 2009. Disponível em: https://bit.ly/2TOvxsm. Acesso em: 9 abr. 2018.

CREPALDI, S. A. Origem, evolução e desenvolvimento da auditoria. Classe Contábil, 2006. Disponível em: https://bit.ly/2TSk2QH. Acesso em: 15 mar. 2019.

CRUZ, F.; GLOCK, J. O. Controle interno nos municípios. São Paulo: Atlas, 2006.

CUNHA, I. L. Controle interno: o guardião da transparência. Atricon, 23 ago. 2012. Disponível em: https://bit.ly/2Gwlws5. Acesso em: 6 jan. 2020.

FARIAS, C. G. B. A controladoria no contexto do sistema de gestão econômica (Gecon): uma abordagem para instituições financeiras. 1998. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Departamento de Contabilidade e Atuária, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.

FERREIRA, J. O. L.; LIMA, S. M. M. Accountability governamental: uma proposta de avaliação do cumprimento de promessas e planos de governo. In: CONVENÇÃO DOS CONTABILISTAS DE PERNAMBUCO, 7., 2006, Recife. Anais […]. Recife: [s. n.], 2006.

FIGUEIREDO, S. M. Contabilidade e a gestão empresarial. Revista Brasileira de Contabilidade, Brasília, DF, v. 24, n. 93, p. 20-34, 1995.

GATTRINGER, J. L. O controle interno na administração pública: um estudo nos municípios catarinenses. 2016. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade do Vale do Itajaí, Biguaçu, 2016.

GOMES, J. S.; SALAS, J. M. A. Controle de gestão: uma abordagem contextual e organizacional. São Paulo: Atlas, 1997.

GUERREIRO, R. Modelo conceitual de sistema de informação da gestão econômica: uma contribuição à teoria da comunicação da contabilidade. 1989. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Departamento de Contabilidade e Atuária, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1989.

INSTITUTO DE AUDITORES INTERNOS DO BRASIL. Coso: controle interno: estrutura integrada. São Paulo: IIA, 2013. Disponível em: https://bit.ly/30NqauY. Acesso em: 27 nov. 2019.

KLUVERS, R. Accountability for perfomance in local government. Australian Journal of Public Administration, Hoboken, v. 62, n. 1, p. 57-69, 2003.

MELO, M. O controle externo na América latina. São Paulo: iFHC, 2008. Disponível em: https://bit.ly/2TRIMbB. Acesso em: 28 fev. 2018.

MOSIMANN, C. P.; FISCH, S. Controladoria: seu papel na administração de empresas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

MOURA, V. M.; BEUREN I. M. O suporte informacional da Controladoria para o processo decisório da distribuição física de produto. Contabilidade & Finanças, São Paulo, n. 31, p. 45-65, 2003.

NOTA 10 em transparência: Ceará recebe nota máxima na Escala Brasil Transparente. Governo do Estado do Ceará, Fortaleza, 11 maio 2017. Disponível em: https://bit.ly/2U2Bxh1. Acesso em: 24 jan. 2020.

OLIVEIRA, L. M.; PEREZ JUNIOR, J. H.; SILVA, C. A. S. Controladoria estratégica. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2005.

PALAZZO, J.; CARVALHO, L. F.; RESENDE NETO, A.; FALLEIROS, A. E.

S.; LEMES, S. O papel da Controladoria no processo de gestão em empresas de grande porte da cidade de Uberlândia. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 4., 2007, Resende. Anais […]. Resende: Seget, 2007. p. 1-15. Disponível em: https://bit.ly/36lf01t. Acesso em: 8 jan. 2018.

PEREIRA, J. M. Curso de administração pública: foco nas instituições e ações governamentais. São Paulo: Atlas, 2008.

QUEIROZ, M. A. S; PETER, M. G. A.; MACHADO, M. V. V.; GOMES, A.

O.; RODRIGUES, M. D. N. Controle interno e controladoria na administração pública: estudo nas universidades federais brasileiras. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 19., 2012, Bento Gonçalves. Anais […]. [S. l.: s. n.], 2012. p. 1-15. Disponível em: https://bit.ly/2NVSk1r. Acesso em: 27 dez. 2019.

QUIRK, B. Accountable to everyone: postmodern pressures on public managers.

Public Administration, Hoboken, v. 75, n. 3, p. 569-586, 1997.

SILVA, C. R. M. Portal da Transparência do estado do Ceará: estudo sobre

sua criação, implantação e aplicação como instrumento de controle social. 2014.

Dissertação (Mestrado Profissional em Planejamento e Políticas Públicas) – Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2014.

TCU – TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. História do TCU: linha do tempo.

Brasília, DF, 2018. Disponível em: https://bit.ly/2GmznRC. Acesso em: 12 mar. 2018.

TERRANOVA, N. S. Curso Coso ERM 2017. Naskas Finanças, 2017. Disponível em: https://bit.ly/2sTYGap. Acesso em: 27 nov. 2019.

Publicado

2020-05-12

Como Citar

Moreira da Silva, C. R., & Borges Gouveia, L. (2020). O papel das controladorias na transparência das informações: seu contexto e atuação dentro do poder público. Revista Controle - Doutrina E Artigos, 18(1), 170-195. https://doi.org/10.32586/rcda.v18i1.561

Edição

Seção

Artigos